15 de jun de 2009

BEBER O TEU CORPO



--> --> -->
Ah, como foi sublime te amar!

Deitar-me em teus braços

Receber teus beijos e abraços

Apenas te querer, te ter

E nada mais imaginar...
Nasci assim pra te encantar

Te envolver na minha vida

Nasci pra te degustar

Te apalpar te amar,

De ti me alimentar...
Ah, como foi mágico entrar!

Na tua vida, no teu mundo

No teu corpo, como louco,

Mesmo que por um segundo

Me derramar em você...

Sublime foi beber da tua saliva,

E falar-te um lindo verso

Água gelada em tarde fria

Mas tudo era magia,

Juras de amor eterno...

Pra ti o meu mundo

Todo segundo que possuo

Toda a saudade que murmuro,

A espera que é sem fim

Tudo o que é de mim.

Meu amor eterno e puro...


3 comentários:

Silvana disse...

Ameiii muito seu poema parece ate estar falando de algo real...ahh como pode ser tão româtico,suas palavras são de puro amor...Parabéns...bjs..

depoimento disse...

lindo de mais adorei beijosssss parabens vc deve sr muitoi sencivel de mais beijossss

Keite disse...

Meu anjo...
Que poema lindo...
Que maravilha a vida olhado com seus olhos
Posso continuar??????
Axo que sim...
Então vamos lá...sei que não ficará a altura, mas sei que entende que me expresso melhor assim...

Meu amor eterno e puro
Ah como foi mágico te amar
Ouvir de vc
As palavras que sonhei
e de mais ninguém desejei

Ah como é bom ser sua...
por toda a eternidade
mesmo que a saudade insista em nos matar

Ah como foi bom sentir
Seus beijos descobrindo meus mistérios
suas mãos nas curvas do meu corpo,
sua respiração ofegante
e nossos corpos entregues...

Te amo. como só o amor pode supor
Te amo... Para todo o sempre meu amor...